Sexta, 19 de Julho de 2024 15:06
69999907868
34°

Tempo limpo

Porto Velho, RO

Dólar com.

R$ 5,59

Euro

R$ 6,08

Peso Arg.

R$ 0,01

Rondônia EDUCAÇÃO

Ieda Chaves acompanha assinatura de convênio que visa zerar fila por vaga em escolas de Porto Velho

Ao todo, 457 vagas vão atender estudantes da rede pública municipal em oito instituições.

26/03/2024 14h27 Atualizada há 4 meses
Por: Redação Fonte: Assessoria
Larrisa Bogo
Larrisa Bogo

O município de Porto Velho firmou convênio com instituições privadas para atender a alta demanda reprimida na educação infantil, que viabiliza 457 vagas distribuídas por oito creches na zona urbana. A cerimônia, que aconteceu no auditório da biblioteca Francisco Meirelles, contou com a participação da deputada estadual Ieda Chaves (União Brasil), nesta terça-feira (26).

Segundo a deputada, com essa novidade a gestão municipal vai conseguir entregar mais resultados até o fim do mandato com melhores resultados e atendimento ao setor educacional. “Se fosse abrir mais unidades, quanto tempo isso iria demorar para construir, licitar, contratar professores, cuidadores? Imagine o tempo que demoraria. Com isso, acontece tudo muito rápido e é, inclusive, mais barato aos cofres públicos e com mais vagas”, comentou Ieda Chaves ao destacar que a novidade contribuirá para que muitas mulheres possam deixar os filhos e conseguir mais autonomia financeira.

A deliberação da proposta acontece para atender crianças de 2 a 5 anos e 11 meses de idade, correspondente à Creche II e III e Pré-escolar I e II através do Programa Mais Educação Infantil, enquadrados na Lei Complementar nº 936, de 2023, e Lei Complementar nº 962 de 2024. Ao fazer uso da palavra, o prefeito Hildon Chaves, falou que para fazer dar certo a gestão da Prefeitura de Porto é quase uma “operação de guerra”.

“A inspiração foi com o que se faz na cidade de São Paulo (SP), pois se faz deve dar certo, pois senão não teria 1 milhão de alunos neste sistema. Pois, para efetivar a matrícula de 500 crianças em creches, precisaria pelo menos de quatro. Isso demoraria muito tempo e, esta solução é importantíssima. Nós precisamos que ele funcione da melhor maneira possível, atendendo com dignidade e respeito esses pequenos cidadãos, o futuro de nossa capital”, declarou o prefeito.

Compromisso

Com isso, as entidades contratadas poderão atender o Executivo Municipal e a população da capital com menos vagas ociosas, tornando-se através do Programa mais eficiente e com mais recurso financeiro.

Já a titular da Secretaria Municipal de Educação (Semed), Gláucia Negreiros, disse que a partir de agora se dá o pontapé inicial para um novo capítulo na história da Educação Infantil, pois desde dezembro, o Poder Público não havia conseguido a inclusão de mais alunos dentro do grupo de 44 mil que integram as 141 escolas da rede municipal da capital.

“O nosso propósito é informar aqui que, como não foi possível garantir a vaga nas escolas públicas municipais, o prefeito atribuiu o desafio de buscar exemplos e entender como há o atendimento em SP, sem deixar crianças esperando por vagas. Acredito que dentro da região Norte é a primeira cidade a zerar a fila de espera por vagas. Todas as que vão fazer parte do contrato são escolas sérias e regularizadas”.

Serviço

A lista de instituições credenciadas está disponível aqui

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.